TERRÁRIOS FECHADOS:
  1. Como o terrário possui seu próprio microclima, ele precisa de pouca água. É necessário observar a umidade interna do seu terrário. Se ele estiver úmido e "suando" por dentro, está tudo bem, seu terrário está saudável e as plantas lá de dentro estão ótimas.
     
  2. Se você observar que seu terrário está ligeriamente ressecado por dentro, é hora de colocar algumas gotinhas de água. 5ml a cada 15 dias geralmente são suficientes para manter seu terrário saudável.
     
  3. Plantas adoram luz abundante, mas não deixe seu terrário em contato direto com o sol. O ambiente ficará muito quente para as plantas e elas podem não resistir.
     
  4. Periodicamente, limpe seu terrário por dentro com um pano limpo e um pouquinho de álcool.
     
  5. As plantas podem crescer lá dentro. De vez em quando, use uma tesoura e pode as pontas das plantas - sempre no caule, não nas folhas.
     
  6. Como o terrário fechado é um ambiente muito úmido (e ele deve ser mesmo), existe a probabilidade natural de alguns objetos (principalmente aqueles que são feitos de madeira) formarem fungos. Nesse caso, basta retirar o objeto do terrário, limpá-lo e recolocá-lo lá dentro.


TERRÁRIOS ABERTOS:

Os terrários abertos também são simples de serem cuidados.
  1. Eles gostam de lugares com muita luz. Pode até ser externo ou próximo à uma janela que tenha luz natural. Porém, se o pote for de vidro, ele pode quebrar se esquentar demais, então cuidado com a luz direta do sol.
     
  2. Como os terrários abertos são feitos com suculentas ou cactos, basta colocar pouca água, 1x por semana no calor e a cada quinze dias no frio.
     
  3. Observe sempre seu terrário. Se as pétalas das suculentas estiverem moles, é sinal de que você está usando muita água. Reduza a quantidade de água e a frequência que você está aguando seu terrário e deixe-o no sol por um tempo para reverter os danos.
     


KOKEDAMAS
 
Observe os sinais das plantas (folhas murchas ou secas, folhas amareladas, raiz apodrecida) para poder ajustar as regas e a quantidade de luz de cada espécie.

COMO REGAR
Mergulhar a Kokedama em um balde de água até que ela pare de “borbulhar”
Para estabelecer as regas, observe o ambiente, umidade e luz.
Em média:
- Plantas tropicais: 1 a 2 vezes por semana
- Samambaias: 1 a 2 vezes por semana
- Orquídeas: 1 vez por semana
- Suculentas: 1 vez a cada 15 dias. Manter no sol.
 
ADUBAÇÃO
É recomendada a adubação a cada 60 dias. Usar chorume de compostagem ou adubo orgânico, devendo ser diluído em água na proporção de uma parte de chorume para 10 partes de água. É só substituir a rega com água pura pela rega
com a solução de água e chorume a cada 60 dias.